Jardim secreto – desenho duplo da floresta #5

Esse é o 5º desenho que estou postando por aqui, mas é o terceiro que eu colori. Com esse desenho eu venho dar uma dica para vocês, pois quando pintei ele o fundo ficou bem primário mesmo eu tentando fazer com mais de um tom de azul.

Após colorir esse primeiro de folha dupla, fiz mais uns 3 ou 4 desenhos, dos quais me fizeram perceber que aprendi novas coisas e que a calma era de extrema importância na calma na hora de fazer o fundo e os detalhes gerais, por conta disso, decidi voltar para esse e tentar novamente. Olhem como ficou abaixo:

Desenho duplo do jardim secreto

Como eu fiz o fundo do desenho?


Eu tinha feito uma pequena caca tentando fazer o fundo com aquarela em um cantinho e aquilo me incomodava bastante, era tipo uma mancha preta no canto.  Então peguei um lápis preto comum da Maped e um da Faber para testar e tentar corrigir com sombreado.

Comecei com o da Faber Castell pressionando bastante nos cantos para deixar bem preto, como se fosse uma sombra mesmo e quanto mais para o centro do desenho mais claro fui deixando até que ficasse misturado com o azul que utilizei de base. Depois foi a vez do preto da Norma, e ele foi super macio e confortável de usar, menos cansativo que o da Faber, e quanto menos ponta ele tem, mais claro fica.

Quando finalizei o preto, comecei com o azul da Faber Castell novamente para deixar o céu mais homogêneo. No fim, para dar acabamento, utilizei a caneta gel prata nas estrelinhas para dar um brilho especial ao desenho.

Refazer o fundo todo não foi fácil e mesmo ainda não estando perfeito, usei mais de 4 horas pintando calmamente e detalhadamente. Então se você tem um desenho que coloriu com pressa e não gostou, pense que agora aprendeu novas técnicas e poderá corrigir algumas folhas antigas do seu livro para que ele fique todo lindo.

Deixe seu comentário :)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *